Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1001 mundos

Londres cá vamos nós

08.04.11, 1001mundos

 

Na nossa incessante busca pelo melhor que se faz na área do Fantástico vamos partir para a Feira do Livro de Londres. De lá iremos dando notícias, esperamos encontrar o nosso autor DMITRY GLUKHOVSKY que é um dos convidados do certame. Assim para a semana os posts serão em directo da capital de sua majestade. Até lá…  

Em Abril: Ally Condie é finalmente publicada em Portugal

06.04.11, 1001mundos

 

 

 

"União é uma história de amor, escrita com a alma de um poeta. Finalmente um admirável mundo novo a que os leitores de Crepúsculo e Os Jogos da Fome podem chamar seu."
Kami Garcia e Margaret Stohl, autoras de Criaturas Maravilhosas.

 

SERÁ O AMOR UM ERRO DE PROGRAMAÇÃO?

 

Cassia sempre confiou nas escolhas dos Funcionários. É um pequeno preço a pagar por uma vida longa, um emprego perfeito, um companheiro ideal. Quando o seu melhor amigo aparece no ecrã da União, Cassia tem a certeza absoluta de que ele é o certo… até ao momento em que vê um outro rosto aparecer no ecrã, por breves instantes, antes de este ficar negro. Agora Cassia vê-se confrontada com escolhas impossíveis: entre Xander e Ky, entre a única vida que conhece e um caminho que nunca ninguém ousou seguir –entre a perfeição e a paixão.

 

Aqui fica o booktrailler que desenvolvemos para promover este fantástico livro (contamos com a vossa ajuda para partilharem o vídeo:))

 



 

 Curiosos?

Claridade

06.04.11, 1001mundos

O primeiro livro de Riley Bloom como protagonista chama-se Claridade, esta série, nascida de Os Imortais, já atingiu o estrelato sendo presença frequente no top do The New York Times. São fabulosas as aventuras da irmã mais nova de Ever. A não perder.

 

 

 

A maioria das pessoas pensa que a morte é o fim.

O fim da vida, dos bons tempos e... bem, o fim de praticamente tudo o resto.

Mas essas pessoas estão enganadas.

Mortalmente enganadas.

E eu tenho obrigação de o saber. Porque estou morta há quase um ano.

Uma obra Grandiosa

05.04.11, 1001mundos

A mais recente aposta da 1001 Mundos vai para Uma Grandiosa e Terrível Beleza, da autora Libba Bray, leiam a sinópse, vejam o booktrailer, deixem-se levar e apaixonem-se por um livro brilhante e arrebatador.

 

Gemma Doyle não é uma rapariga como as outras. Raparigas com modos impecáveis, que só falam quando falam com elas, que sabem a sua posição, e que permanecem deitadas e pensam na Inglaterra quando lhes é pedido.

Não, Gemma é uma ilha com os seus dezasseis anos, enviada para a Academia Spence em Londres, após a tragédia que afectou a sua família na Índia. Sozinha, carregando o peso da culpa e propensa a ter visões do futuro que têm o mau hábito de se concretizar, Gemma tem uma recepção gelada à sua espera. Mas ela não está completamente só… ela foi seguida por um jovem misterioso, que quer que ela feche a sua mente às visões.

É em Spencer que os poderes de Gemma ganham força e ela se vê enredada com as raparigas mais poderosas da escola e descobre a ligação da sua mãe ao grupo obscuro conhecido como a Ordem. É lá que o seu destino a espera… se ela acreditar nele.

Uma Beleza Grande e Terrível é o tipo de livro que não conseguimos largar… Uma vasta tapeçaria de saias rodadas e sombras dançantes e coisas que se escondem na escuridão. É um retrato vivo da época vitoriana, quando as raparigas eram educadas para serem as esposas de homens ricos… e a história de uma rapariga que viu outro caminho.

 

Aqui fica o link para o booktrailer: http://videos.sapo.pt/terrivelbeleza

 

 

Dylan Thomas em União

04.04.11, 1001mundos

Existe um poema em União, o novo livro da 1001 Mundos, que é parte fundamental da intriga. Deixamos aqui a versão original de um dos mais belos poemas da autoria de Dylan Thomas. Esperamos que gostem

 

Do not go gentle into that good night,

Old age should burn and rave at close of day;

Rage, rage against the dying of the light.

 

Though wise men at their end know dark is right,

Because their words had forked no lightning they

Do not go gentle into that good night.

 

Good men, the last wave by, crying how bright

Their frail deeds might have danced in a green bay,

Rage, rage against the dying of the light.

 

Wild men who caught and sang the sun in flight,

And learn, too late, they grieved it on its way,

Do not go gentle into that good night.

 

Grave men, near death, who see with blinding sight

Blind eyes could blaze like meteors and be gay,

Rage, rage against the dying of the light.

 

And you, my father, there on the sad height,

Curse, bless, me now with your fierce tears, I pray.

Do not go gentle into that good night.

Rage, rage against the dying of the light.

Que seja bem vinda a Trëma

01.04.11, 1001mundos

 

 

A 1001 Mundos quer dar as boas vindas à Trëma, foi com muito agrado que recebemos a noticia do arrancar deste projeto. Os votos de boa sorte para todos os colaboradores da  Trëma e esperamos que ajudem a fazer nascer novos autores fantásticos para o fantástico Português.

 

Para ficarem a saber mais informações acerca deste projecto visitem o blog oficial: http://trema-mag.blogspot.com/

Pág. 2/2