Quarta-feira, 30 de Abril de 2014
«Caos Maravilhoso», o terceiro livro da série

Às vezes, não há apenas uma resposta ou uma escolha

 

Ethan Wate julgou estar a habituar-se às estranhas coisas impossíveis que se desenrolavam em Gatlin. Porém, agora que Ethan e Lena voltaram para casa, estranho e impossível assumiram novos significados. Enxames de gafanhotos, um recorde de calor e tempestades devastadoras arrasam Gatlin enquanto Ethan e Lena tentam perceber as consequências do Chamamento de Lena. Até a família de Lena é afetada - e as suas habilidades começam a falhar perigosamente. Com o tempo, uma questão torna-se clara: o que - ou quem - terá de ser sacrificado para salvar Gatlin?

Para Ethan, o caos é uma distração assustadora, mas bem-vinda. Ele está de novo a ser perseguido nos sonhos, mas desta vez não por Lena - e tudo o que o assombra segue-o para fora dos sonhos até à sua vida quotidiana. Ainda pior, Ethan está gradualmente a perder pedaços de si - esquecendo nomes, números de telefone, e até memórias. Não sabe porquê e na maioria dos dias, tem medo de perguntar.

Às vezes, não há apenas uma resposta ou uma escolha. Às vezes não há como voltar atrás. E desta vez não haverá um final feliz.

 

 

Neste novo romance, Ridley perdeu os poderes, Link é um Íncubo e as habilidades da família de Lena andam a falhar. Enxames de gafanhotos devoram todo o verde de Gatlin. Um calor sufocante deixa a relva castanha e os humores negros. Raios riscam o céu e tempestades assustam os animais. O equilíbrio foi destruído. Aparentemente, quando se Chamou, Lena pode ter sido dado o pontapé de saída para o Apocalipse.

 

 

«Uma mistura potente de gótico, mítico e mágico… com personagens originais, a construção de um mundo complexo e uma prosa enérgica, estamos perante uma

história magistralmente contada.»

Deborah Harkness, autora de A Noite de Todas as Almas

 

«Esta série pródiga em imaginação tem todos os elementos de um romance gótico sulista sobrenatural de sucesso... A ambiguidade do bem e do mal acrescenta uma complexidade atraente... os fãs do género vão adorar.»

VOYA

 

Tal como Amma, Kami Garcia é muito supersticiosa e não foge à regra de toda a rapariga respeitável, com raízes sulistas, ao confecionar as suas bolachas e as suas tartes. Tem familiares que fazem parte das Filhas da Revolução Americana, mas nunca participou numa reconstituição. Kami frequentou a Universidade de George Washington e tem um mestrado em Educação. É professora e leitora especialista, dirigindo grupos de leitura para crianças e adolescentes.

Tal como Lena, desde os quinze anos que a escrita colocou e tirou Margaret Stohl de problemas. Ela escreveu e desenhou vários jogos de vídeo conhecidos, razão pela qual os seus dois beagles se chamam Zelda e Kirby. Margaret apaixonou-se pela literatura norte-americana em Amherst e em Yale. Tirou o mestrado em Inglês, em Stanford, e estudou Escrita Criativa sob a alçada do poeta George Macbeth, na Universidade de East Anglia, en Norwich.

Kami e Margaret convidam-te a visitá-las em WWW.KAMIGARCIAMARGARETSTOHL.COM

 



publicado por 1001mundos às 09:14
link do post | adicionar aos favoritos


.mais sobre mim
.links
.Novidades 1001 Mundos







.posts recentes

. «Caos Maravilhoso», o ter...

.arquivos

. Julho 2016

. Junho 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Novembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Março 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

.subscrever feeds