Terça-feira, 3 de Junho de 2014
«Anjos Rebeldes», de Libba Bray, 2º volume da trilogia Gemma Doyle

New York Times Bestseller * USA Today Bestseller *

Publishers Weekly Bestseller * Book Sense Bestseller

 

Ah, o Natal! Gemma Doyle está desejosa das férias fora da Academia Spence, de passar o tempo com as amigas na cidade, de ir a bailes elegantes e, numa nota sombria, de cuidar do pai doente. Quando se prepara para entrar no Ano Novo de 1896, um jovem bonito, Lorde Denby, parece estar interessado em conquistar Gemma. No entanto, no meio das distrações de Londres, as visões de Gemma intensificam-se - visões de três raparigas vestidas de branco, a quem algo terrível aconteceu, algo que só os reinos podem explicar...

A atração é forte, e em pouco tempo, Gemma, Felicity e Ann estão a transformar flores em borboletas no mundo encantado dos reinos a que só Gemma pode levá-las. Para grande alegria delas, a sua querida Pippa também está lá, ansiosa por completar o círculo de amizade.

 

Mas nem tudo está bem nos reinos - ou fora dele. O misterioso Kartik reapareceu, dizendo a Gemma que ela deve encontrar o Templo e vincular a magia, ou algo terrível irá acontecer-lhe. Gemma está disposta a fazer-lhe a vontade, apesar dos perigos que isso acarreta, pois isso significa que irá encontrar-se com a maior amiga da sua mãe - e agora sua inimiga, Circe. Até Circe ser destruída, Gemma não pode viver o seu destino. Mas encontrar Circe revela-se uma tarefa muito perigosa.

 

«Este extraordinário romance move-se a uma velocidade estonteante do princípio ao fim... surpreendente.»

VOYA

"Uma fantasia notável rica em sensibilidade vitoriana... Gemma e as amigas são perfeitas como jovens mulheres num mundo prestes a mudar, inseguras quando ao seu lugar. As pistas sobre o mistério podem levar os leitores a pensar que já adivinharam tudo, mas ainda se vão surpreender.»
School Library Journal

 

 

 

O primeiro romance de Libba Bray, Uma Grandiosa e Terrível Beleza, foi bestseller do New York Times. A autora gosta de dizer isso, especialmente nos dias em que o penteado lhe sai pior. É residente em Brooklyn, Nova Iorque, com o marido, o filho, o gato e dois peixinhos. Quando não está a escrever, costuma pensar na escrita, o que pode ser problemático nas escadas no metro. Libba gostaria muito que os leitores visitassem a sua página Web: www.libbabray.com, mas compreende que andem todos muito atarefados.

    



publicado por 1001mundos às 08:30
link do post | adicionar aos favoritos

Terça-feira, 29 de Outubro de 2013
A chegar às livrarias - «Os Adivinhos», de Libba Bray

As luzes da cidade escondem segredos sombrios

 

Evie O'Neill foi exilada da sua monótona e pacata cidade natal e enviada para as agitadas ruas de Nova Iorque - e fica radiante! Nova Iorque é a cidade dos bares clandestinos, das compras e dos cinemas! Pouco depois, Evie começa a andar com as glamorosas «Ziegfield Girls» e com atraentes carteiristas. O único problema é que Evie tem de viver com o seu tio Will, curador do Museu Americano de Folclore, Superstição e Ocultismo - também conhecido como «O Museu dos Arrepios», homem com uma pouso saudável obsessão pelo oculto.

Evie receia que ele descubra o seu segredo mais sombrio: um poder sobrenatural que até ao momento só lhe causou problemas. Porém, quando a polícia encontra uma rapariga morta que tem um estranho símbolo gravado na testa e Will é chamado ao local, Evie percebe que o seu dom pode ajudar a apanhar o assassino em série.

Quando Evie mergulha de cabeça numa dança com um assassino, outras histórias se desenrolam na cidade que nunca dorme. Um jovem chamado Memphis é apanhado entre dois mundos. Uma corista chamada Theta anda a fugir do seu passado. Um estudante chamado Jericho esconde um segredo chocante. E sem que ninguém saiba, algo sombrio e maligno despertou.


 

 

 

Da autora da trilogia bestseller «Gemma Doyle» (com um milhão de exemplares vendidos nos Estados Unidos) e do livro que ganhou o Printz Award 2010, Going Bovine, chega agora Os Adivinhos, um romance emocionante que mistura policial, fantasia paranormal and drama histórico na Nova Iorque da década de 1920.

 

 

«Independentemente do género, Bray é magistral. Aqui ela ataca Manhattan nos loucos anos 20, e fez claramente a sua investigação. Capta a essência da época com estilo, incluindo copiosos pormenores da época na intrincada trama.»
RT Book Reviews

 

«Inúmeras histórias cruzam-se tendo como pano de fundo a Lei Seca e a Era do Jazz, e uma personagem com laivos de Buffy.»
io9.com

 

«A Nova Iorque da década de 1920 vibra de vida neste emocionante [romance]... A trama intrincada e os magníficos pormenores das personagens, dos diálogos e do cenário agarram o leitor e não o largam. A não perder.»
Kirkus Reviews

 

«Bray continua os seus êxitos com esta série deslumbrante passada em Nova Iorque,

durante a Lei Seca.»

Booklist

 

Libba Bray é autora de cinco peças de teatro e meia, alguns contos e ensaios, e muitas coisas que, nas suas próprias palavras, "nunca deverão ver a luz do dia". Trabalhou como empregada de mesa, ama, enroladora de burritos, caloira no mundo editorial e copywriter de publicidade. Criada no Texas com um regime estável de humor britânico, bandas alternativas, disfunção suburbana e má televisão, Libba conseguiu de algum modo escapar apenas com alguns cortes de cabelo seriamente conturbados. Atualmente a autora mora em Brooklyn, Nova Iorque, com o marido e o filho.



publicado por 1001mundos às 10:12
link do post | adicionar aos favoritos


.mais sobre mim
.links
.Novidades 1001 Mundos







.posts recentes

. «Anjos Rebeldes», de Libb...

. A chegar às livrarias - «...

.arquivos

. Julho 2016

. Junho 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Novembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Março 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

.subscrever feeds