Terça-feira, 30 de Agosto de 2011
Todas as lendas têm um começo

 

 

“É um prazer raro e maravilhoso encontrar uma escrita no género fantástico que respeita não só o estilo e a linguagem do género, essencial à construção da fantasia, mas que tem também uma musicalidade inerente às palavras. Seja onde for que Patrick Rothfuss se dirige com a monumental história que inicia em O Nome do Vento, levar-nos-á com ele como um cantor nos leva numa canção.” – Ursula K. Le Guin, autora bestseller e vencedora do National Book Award

 

O Nome do Vento é simplesmente o melhor livro de fantasia dos últimos dez anos, se bem que classificá-lo num género pode levar a que as críticas sejam menores do que merece. Digamos antes que O Nome do Vento é uma das melhores histórias contadas por qualquer meio numa década.” – The Onion A. V. Club

 

“Diferente, uma lufada de ar fresco… Rothfuss garante que esta não será uma fantasia vulgar recheada de questões sem interesse e dramas exagerados. É sim uma muito bem construída história de passagem à idade adulta, recheada de humor, ação e a ocasional dose de magia… Esta é uma estreia altamente conseguida. Os fãs de George R. R. Martin e Tad Williams vão ficar impressionados e aguardar ansiosamente pelos próximos capítulos.” - The San Francisco Chronicle

 

“Tão cativante numa segunda leitura como na primeira, este é o tipo de estreia segura e rica que a maioria dos escritores apenas sonha vir a ser capaz de produzir. O universo fantástico tem uma nova estrela.” – Publishers Weekly

 

“Rothfuss propõe-se a recontar aquela que deveria ser a história mais familiar de todas. Mas ele consegue dar-lhe um ar de novidade neste livro de abertura, completado com uma interessante abordagem à magia, o que acrescenta impacto emocional e desafio intelectual. Venha daí o volume dois.” – Locus

 

O Nome do Vento marca a estreia de um autor a que todos faremos bem em manter-nos atentos. Patrick Rothfuss tem um verdadeiro talento, e a sua história de Kvothe é profunda intrincada e maravilhosa.” – Terry Brooks, autor 22 vezes bestseller do The New York Times

 

“Como em todos os melhores livros do nosso género, não é a fantasia (por muito maravilhosa que seja) que torna este livro extraordinário, mas aquilo que o autor tem para dizer sobre coisas verdadeiras, do dia-a-dia, sobre ambição e fracasso, arte, amor e perda.” – Tad Williams, autor bestseller do The New York Times

 

“Nem uma única palavra das quase 700 páginas deste livro é desperdiçada. Rothfuss não se perde. Ele é o grande novo escritor de fantasia que todos aguardávamos, e esta é uma estreia estrondosa… Se é um leitor de fantasia ou simplesmente alguém que aprecia uma obra de ficção verdadeiramente épica, não deixe passar este verão sem ler O Nome do Vento.” – Orson Scott Card, autor bestseller de Ender’s Game

 

“Este é um livro magnífico, uma história brilhante, uma leitura fácil e envolvente. Cumprimento o jovem Pat… A sua primeira novela é uma das grandes---Wow!” – Anne McCaffrey, autora bestseller de Os Cavaleiros de Dragões de Pern



publicado por 1001mundos às 14:12
link do post | adicionar aos favoritos

.mais sobre mim
.links
.Novidades 1001 Mundos







.posts recentes

. «Prodigy», de Marie Lu, a...

. «A Viajante», de Arwen El...

. «O Trono dos Crânios», de...

. Entrevista com Stephenie ...

. «Crepúsculo» reimaginado....

. Edição do 10º aniversário...

. Edição do 10º aniversário...

. «Seeker - O clã dos Guard...

. «O Grande Bazar e Outras ...

. Frankenstein, de Mary She...

.arquivos

. Julho 2016

. Junho 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Novembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Março 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

.subscrever feeds